Perguntas Frequentes


O que é endourologia?

A endourologia é a área da urologia que realiza a manipulação endoscópica do trato urinário, que pode ser utilizada para fazer diagnósticos ou destinada ao tratamento de diversas doenças urológicas. É o segmento da urologia que mais sofreu transformações, devido ao avanço tecnológico, principalmente pelo desenvolvimento de instrumentais de tamanho bastante reduzido e também devido ao emprego do laser como fonte de energia. Atualmente, a endourologia é utilizada para o tratamento dos cálculos urinários, da hiperplasia prostática, de diversos tumores urológicos, entre outros, proporcionando ao paciente uma recuperação mais rápida e um retorno precoce às atividades.


O que são os Cálculos Urinários?

O cálculo urinário ocorre devido uma saturação de cristais presentes na urina (cálcio, oxalato e ácido úrico), resultante de um desequilíbrio entre fatores que promovem a cristalização e fatores que protegem contra a agregação dos cristais. A baixa ingesta de líquidos é um fator de risco, uma vez que o baixo volume urinário aumenta a concentração de solutos na urina.


O que é o câncer de próstata?

O câncer de próstata é o segundo câncer mais comum nos homens, atrás apenas do câncer de pele (não-melanoma). Normalmente apresenta crescimento lento e sem sintomas nos períodos iniciais da doença. Os principais fatores de risco são: idade e história familiar da doença (parentes de primeiro grau).


Existe indicação para cirurgia de emergência de cálculos renais e ureterais?

Na maioria dos casos, não há necessidade de cirurgia de urgência; os pacientes com cólica nefrética (cólica renal), que dão entrada na emergência, devem receber medicação endovenosa adequada para tratamento da dor e dos vômitos e, assim que apresentarem melhora do quadro, podem receber alta para casa e completar a investigação no consultório. As indicações de cirurgia de urgência são raras. Segundo as diretrizes internacionais, nos cálculos ureterais menores que 1 cm o tratamento inicial deve ser com medicação, na tentativa de eliminação espontânea e, caso a cirurgia esteja indicada, esta poderá ser realizada de forma eletiva, com todo o preparo e a realização de todos os exames pré-operatórios necessários para oferecer uma cirurgia com menor risco.


Porque a formação de novos cálculos ocorre com tanta frequência?

O aparecimento de um cálculo renal ou ureteral é uma consequência de algum problema que pode variar desde uma baixa ingestão de líquidos e alimentação inadequada até a presença de distúrbios metabólicos ou infecções urinárias de repetição. É muito importante identificar a causa do problema, ou seja, o que está levando à formação dos cálculos, para realizar o tratamento adequado do problema de base, ao invés de estar sempre submetido o paciente a cirurgias ou internações para tratamento sintomático de novos cálculos. Outro detalhe muito importante é a escolha adequada do tipo de cirurgia, quando necessária, para que sejam retirados todos os fragmentos, evitando, assim, novas crises, devido ao crescimento ou deslocamento dos mesmos.


Qual o melhor tratamento para os cálculos urinários?

Atualmente existem vários tratamentos minimamente invasivos para os cálculos urinários. Na falha do tratamento medicamentoso (terapia expulsiva com medicamentos), a indicação do tipo de cirurgia vai depender de vários fatores, principalmente o tamanho e localização do cálculo. Quando estão localizados no ureter, a ureterolitotripsia serrígida ou flexível é a melhor opção. Para os cálculos renais menores que 2cm (e menores que 1,5cm localizados no cálice inferior), a litotripsia por ondas de choque (LECO) e a ureteroflexivel são as melhores opções. Para cálculos de tamanho maior, a cirurgia percutânea é a primeira escolha, lembrando que, hoje, dispomos de várias formas minimamente invasivas de cirurgia percutânea como a mini-perc, supermini-perc e ultramini-perc, que podem ser indicadas, inclusive, para cálculos menores que 2cm, com baixas taxas de complicações e excelentes resultados.


Os cálculos devem ser sempre operados?

Não, os cálculos pequenos - sem sintomas e sem repercussão clínica - podem ser apenas acompanhados regularment Crianças podem ser tratadas por um urologista? Sim, as crianças podem ser afetadas por doenças urológicas congênitas, tumores, infecções e também pelos cálculos urinários.


O que é ureterorrenolitotripsia?

É uma cirurgia realizada com instrumental de calibre bastante reduzido que penetra nas vias urinárias através da uretra e aborda os cálculos localizados no ureter e no rim, utilizando o laser para fragmentação dos mesmos. O procedimento é normalmente realizado com bloqueio anestésico (raquianestesia) e o paciente, na maioria das vezes, recebe alta hospitalar no dia seguinte à intervenção cirúrgica.


O que é cirurgia renal percutânea?

É um procedimento minimamente invasivo que consiste na retirada do cálculo renal por um pequeno orifício de cerca de 1cm na região lombar, favorecendo uma recuperação mais rápida, com um pós-operatório mais tranquilo e um retorno mais precoce às atividades. Essa modalidade de cirurgia permite a retirada completa dos fragmentos de cálculo. Atualmente dispomos de novas modalidades de cirurgia percutânea miniaturizadas, diminuindo ainda mais a morbidade cirúrgica: - Mini-percutânea (mini-perc) e supermini-percutânea (SMP): realizada com instrumental especializado através de orifício de 6mm e 4mm na pele, respectivamente. - Ultramini-percutânea: destinada a cálculos de menores diâmetros, realizada através de um orifício de cerca de 3mm na pele.







Atendimento

  [+]


Agência IDB